Papa apresenta Advento aos jovens como tempo de intimidade com Cristo

Caros amigos, neste tempo de reflexão devemos abraçar as palavras sábias do nosso querido Santo Padre.

Bento XVI apresentou, em particular aos jovens, o Advento – período litúrgico de preparação para o Natal – como um momento de intimidade com Jesus.
Esta foi a mensagem que deixou ao despedir-se dos sete mil peregrinos reunidos nesta quarta-feira por ocasião da audiência geral, em particular dos jovens, doentes e recém-casados.

«Queridos jovens – disse em italiano –, eu vos convido a redescobrir, no clima espiritual do Advento, a intimidade com Cristo, colocando-vos à escuta da Virgem Maria.»

Aos doentes, alguns deles em cadeiras de rodas, recomendou «viver este período de espera e de oração incessante oferecendo ao Senhor que vem vossos sofrimentos pela salvação do mundo».

Por último, exortou os recém-casados, presentes muitos deles com sua roupa de casamento, a serem «construtores de famílias cristãs autênticas, inspirando-vos no modelo da Sagrada Família de Nazaré, que contemplamos de maneira particular no tempo de preparação para o Natal».

Ficamos unidos...
Eq. Diocesana

Campo de Férias Jovens 2008

video


video


video

Encontro de Campistas 2008

"Não nos cansemos de praticar o bem
E colherermos no tempo oportuno.
Pratiquemos o bem para com todos."

(São Paulo)

Olá amigos!

Que a alegria e a paz reinem no vosso coração.


Neste novo ano apostólico pensamos em fazer uma nova actividade designada por Encontro de Campistas. Estão convidados todos aqueles que participaram em acantonamentos ao longo dos últimos anos. Realizar-se-á no dia 11 de Outubro pelas 9.00 h e termina com o almoço no Seminário Maior, no Largo da Santa Cristina, em Viseu.
Acreditamos que vai ser mais um momento de partilha, de reflexão, de entrega ao ideal que nos move: Só Deus basta, porque Deus é Amor.
Queremos, todos juntos, viver a missão de sermos profundamente amados e a exemplo de S. Paulo, vamos entrar na viagem do acreditar sem desfalecer.

Aceita o desafio e confirma já a tua presença para os telefones:

*Fátima – 969 002 148 * São – 918 334 900 * Ângela – 937 039 396

Aguardaremos resposta, sem falta, até ao dia 4 de Outubro de 2008, pois precisamos de marcar os almoços no seminário antecipadamente. Estamos disponíveis para esclarecer qualquer dúvida.

Até breve, amigo/a.


Viseu, 18 de Setembro de 2008

P’La Equipa Diocesana de Viseu
Sector Juvenil

“Ainda que eu fale todas as línguas dos homens e dos anjos,
se não tiver amor sou como o bronze que soa ou o sino que retine...
mesmo que tivesse toda a fé a ponto de, transportar montanhas,
se não tiver amor, não serei nada.” (São Paulo)


Olá amigos!
Queremos lembrar-te da próxima actividade que está agendada no nosso Plano de Acção, o acantonamento para jovens.
Temos encontro marcado para dia 30 e 31 de Agosto e 1, 2 e 3 de Setembro de 2008, será realizado no Prado, Travanca – São Pedro do Sul, em anexo, enviamos um esquema de localização.
Contamos com 2 inscrições por cada paróquia e lembramos que o acantonamento se destina apenas aos jovens.

Queres participar?
Inscreve-te já. Esperam-se grandes momentos, verás que irás gostar!

O que precisas trazer?
Saco cama ou cobertor, prato, copo e talher, roupa prática, fato de banho, boa disposição, alegria… e claro, não esqueças a tua Bíblia.
Se souberes tocar algum instrumento musical, não te esqueças de o trazer.

O almoço do primeiro dia é partilhado, as restantes refeições são confeccionadas no local.

Escuta a Voz que te convida a descobrir as mais belas viagens, com a melhor companhia...

“Viajar com S. Paulo” é o convite que te fazemos para estes 5 dias, o Roteiro de Viagem será disponibilizado em breve...


Reserva o teu bilhete e parte à aventura nesta viagem que te fará conhecer melhor quem és, quem somos e quem nos guia...

Aceita o desafio e confirma já a tua presença para os telefones:
*Fátima – 969 002 148 * São – 918 334 900 * Ângela – 937 039 396

Aguardaremos resposta, sem falta, até ao dia 5 de Julho de 2008. Estamos disponíveis para esclarecer qualquer dúvida.

Contamos contigo nesta viagem sem fim mas com rumo certo...


Até breve, amigo.


Viseu, 18 de Junho de 2008
P’La Equipa Diocesana de Viseu
Sector Juvenil

"Maio - Mês de Maria - Mês da Mãe"

Jesus na Sua agonia quis entregar-nos como filhos a Maria, Sua Mãe.

Ele sabia que fracos como somos, precisaríamos sempre de uma poderosa intercessão junto d’Ele e também, que seria preciso alguém como nós, para nos chamar ao caminho e avisar permanentemente das nossas fraquezas, dos nossos defeitos, das nossas distracções, da nossa falta de tempo para a oração.

Por isso, logo nesse momento, Jesus, quis deixar-nos como mãe a Sua Mãe, sabendo já que ao longo dos anos A iria enviar ao mundo, para nos avisar e pedir a oração, a piedade, e a conversão.

Sabendo e conhecendo o coração de mãe e o coração de Sua Mãe, sabia perfeitamente que ao entregar-nos como filhos a Maria, Esta nunca mais deixaria passar um momento que fosse, sem que intercedesse por nós, colocando-nos permanentemente frente ao Seu amor e à Sua misericórdia.

Jesus conhecia já, que a Mãe Lhe iria pedir para visitar os Seus filhos, para os acompanhar e avisar dos perigos e obstáculos dos caminhos do mundo.


Sabia bem que a todos Ela estenderia a Sua mão e a todos mostraria o Seu Filho Salvador, na esperança eterna que nem um só dos seus filhos se perdesse.

Jesus conhecia aquele amor de Mãe e sabia que esse amor era inesgotável, pois tinha nascido d’Ele próprio.

Conhecia Sua Mãe e por isso, sabia que Ela se entregaria totalmente aos Seus filhos, se entregaria totalmente à humanidade, como no momento em que sabendo Sua prima Isabel grávida, tudo tinha deixado para a ir ajudar e servir.

Ah, Aquela Sua Mãe!!!

Jesus via nitidamente todas as lágrimas que Ela iria chorar por aqueles Seus filhos perdidos nas suas fraquezas.

E Ele não resistia às lágrimas de Sua Mãe!!!

Por isso lhe disse: «Mãe, entrego-te todos como teus filhos e dou-te um coração imenso onde todos caberão, todos os dias».

Maria então abriu os braços e disse: «Vinde a mim meus filhos, encostai-vos ao meu peito. Se estiverdes comigo, estareis sempre com Jesus, porque eu nunca largo a Sua mão, nem mesmo quando desço ao mundo para vos avisar que se vos afastardes do caminho, vos afastais de Jesus, vos afastais do meu regaço e assim me é mais difícil proteger-vos daquele que vos quer perder».

E assim todos os dias sorrindo, Ela olha para Jesus e diz-lhe: «Vê como são bonitos, vê como Te desejam tanto, mas são tão fracos. Meu Jesus adorado, não olhe às suas fraquezas, mas apenas ao Teu amor e tem misericórdia dos meus filhos».

"Vamos Cuidar da Terra" - Tomar 2008

Realizou-se no passado dia 27 Abril ( Domingo ) o lX encontro Nacional de Jovens e Adolescentes, em Tomar, promovido, pela Acção Católica Rural, a nível nacional em que a organização ficou a cargo da ACR de Santarém.
Estiveram presentes cerca de 600 participantes oriundos da Madeira, Aveiro, Braga, Viana do Castelo, Viseu, Porto, Coimbra, Leiria. Portalegre, Guarda e Santarém.
De Viseu participaram 40 pessoas.
O Tema do encontro deste ano foi – VAMOS CUIDAR DA TERRA – aonde vivemos.
Cada Diocese foi encarregada de apresentar um dos aspectos relacionados com o tema da campanha do ano da ACR., como sejam a preservação do ambiente, a água, o ar, a terra, etc.
A diocese de Viseu tratou o tema da ÁGUA – sua importância, conservação e como a poupar, como bem essencial à vida.
Houve belíssimas representações realizadas pelos diferentes grupos.
Foi uma jornada muito positiva a demonstrar que a ACR em algumas dioceses está bem viva e actuante o que nos augura um futuro de renovação da ACR.

Um participante:
João Martins

Dia 22 de Abril – Dia Internacional da Terra

O Dia Internacional da Terra foi criado em 1970, pelo senador norte-americano Gaylord Nelson, que veio a ser governador do Estado de Wisconson e que, entre outros feitos, convocou nos EUA o primeiro protesto nacional daquele país contra a poluição. Esta iniciativa conduziu à criação da Agência de Protecção Ambiental dos EUA, mas só em 1990 o dia 22 de Abril foi adoptado mundialmente como o Dia da Terra, proporcionando um grande impulso aos esforços de reciclagem a nível mundial.

Acção Católica - Espiritualidade

Todos os Cristãos católicos recebem o sacramento do Baptismo, que confere dons que lhe são próprios: ser Rei, ser Profeta e ser Sacerdote que são comuns a todos os fieis e de se tornarem filhos adoptivos de Deus Pai, Irmãos de Cristo, templos do Espírito Santo, Irmãos uns dos outros, membros do Corpo Místico de Cristo – que é a Igreja.
Na Acção Católica Rural os seus elementos ( dirigentes, militantes e simpatizantes ) têm todos inerentes aqueles dons, mas também têm outros que lhe são próprios.
A sua espiritualidade exerce-se no meio do mundo e dos homens, sem descurar a espiritualidade pessoal e de grupo. É estar presente e ser actor activo, de modo que torne Cristo presente, no meio dos homens, pelo seu exemplo, pela sua palavra, pela sua acção e em comunhão com a Igreja, para que seja luz que ilumina, que irradie o amor e que seja comunhão e paz no mundo, aonde vive e trabalha.
É possível realizar tudo isto, se os elementos da acção católica, tiverem:
- Uma união vital com Cristo, através da participação nos sacramentos, especialmente a Eucaristia e a Reconciliação e pela Oração;
- Um grande amor e dedicação à Acção Católica;
- Um grande interesse pela leitura e meditação da Palavra de Deus ( Bíblia ) e dos documentos da Igreja;
- De participarem num grupo ou equipe de apostolado de forma activa e participativa;
- De participarem nas actividades do movimento que este oferece, para adquirirem formação permanente e sólida nos aspectos evangélica, espiritual, humana e social;
- De exercerem o apostolado, no meio, aonde vivem e trabalham.

O Movimento da A C R tem como base 4 pilares:
A ORAÇÃO, O ESTUDO, O SACRIFÍCIO E A ACÇÂO (P. Paulo VI).


João Martins

Dia Mundial da Água

dia 22 de Março


"Lidar com a escassez de água"

Destaca-se o crescente significado da escassez de água em todo o mundo e a necessidade de aumentar a integração e a cooperação por forma a garantir ua gestão sustentável, eficiente e equitativa deste recurso, quer ao nível internacional, quer ao nível local.


Cerca de 60% do organismo humano é constituído por água, se ficássemos sem ela morreríamos muito rapidamente. Sendo assim, é natural que o Homem se preocupe com a forma como a água se encontra na Natureza e como pode chegar até ela
A água é essencial à vida!.

Plano Diocesano

E como os jovens e adultos do nosso movimento também devem participar activamente de forma a manter cada vez mais viva e unificada a ACR na nossa diocese, aqui se seguem as actividades dioesanas que se irão realizar próximamente.

Grupo Infantil Diocesano

Apesar de tarde cá vai o plano diocesano da ACR Infantil.


Não esquecer que os encontros se realizam no Centro Pastoral de Viseu pelas 16 horas e 30 minutos.

Papa quer jovens defensores da vida

Bento XVI visitou na manhã deste Domingo o Centro Internacional Juvenil "São Lourenço", que celebra os seus 25 anos de actividade, e ali deixou votos para que os jovens sejam sensíveis à necessidade de defender a vida.
"O homem é sempre homem com toda a sua dignidade, mesmo em estado de coma ou em forma de embrião", afirmou.


Este centro, que se encontra próximo da Praça de São Pedro, foi inaugurado a 13 de Março de 1983 por João Paulo II que naquela ocasião formulou votos no sentido de que centro se torne um lugar de formação de jovens cristãos autênticos, que saibam testemunhar coerentemente o Evangelho.
Bento XVI quis recordá-lo na homilia da Missa, partindo do trecho evangélico deste Domingo, que fala da ressurreição de Lázaro. O Papa deixou de lado parte do texto preparado da sua homilia, para reflectir sobre a "grande árvore da vida e sobre o significado da morte".
Nesse contexto, explicou que o homem, assim como o resto da criação, pertence à biosfera,
"embora fazendo parte do biocosmo, o homem transcende-o".
"O homem tem sede de conhecimento do infinito, quer chegar - prosseguiu o Papa - à fonte da vida, deseja encontrar a própria vida".
"Poderíamos dizer - acrescentou - que toda a ciência é uma grande luta pela vida, toda a medicina é uma luta de vida contra a morte, para encontrar a medicina da imortalidade".

Bento XVI disse que mesmo que a medicina encontrasse uma pílula da imortalidade, ela permaneceria uma "pílula da biosfera": "o mundo - acrescentou o Papa - encher-se-ia de velhos, já não haveria espaço para os jovens".

Um cenário semelhante ao que é desenhado, por exemplo, em "As intermitências da morte", de José Saramago, seria para o Papa "um panorama terrível". Como cristãos, "não podemos esperar o prolongamento infinito da vida biológica e, ao mesmo tempo aspirar, à eternidade".

Em conclusão, Bento XVI disse aos presentes que "através de Jesus atravessámos já o limiar da morte", frisando que "a vida em abundância que o Evangelho oferece não deve ser vista como uma vida onde é possível fazer tudo, ter tudo. Naquele caso vivemos para as coisas mortas".

(Com Rádio Vaticano)

Boas Vindas ao Blog

Olá amigos,

É com grande alegria que a Acção Católica Rural de Viseu adere às novas tecnologias e mais precisamente aos blogs. Neste mundo tão informatizado e tão apressado em inovar, é bom saber que as tecnologias também podem e devem estar ao serviço da Igreja e dos cristãos. É no sentirmo-nos unidos em Cristo e ao Seu amor que sabemos encontrar a verdadeira força.

Tenho esperança que este blog, que agora começa, vai ser um grande meio de comunicação e informação entre todos para nos sentirmos mais perto e mais confiantes de que não estamos sozinhos e que o nosso trabalho apostólico tem eco noutros locais. Depois, podemos sempre contribuir com notícias, imagens, comentários, informações, e tantas outras coisas que nos aproximam e nos fazem ter esperança de que a nossa Missão é importante para o bem comum.

Em nome da Equipa Diocesana de Viseu quero acreditar que este blog vai ser muito importante para dinamizar o nosso Movimento e dar mais vida às nossas paróquias. Apostemos nele como mais um meio ao nosso dispor para trabalharmos cada vez mais e melhor. Colaboremos com ele para sentirmos que a ACR está viva e quer ser fermento nas paróquias da nossa diocese.

Muito obrigado a quem se lembrou de constituir este blog e desde já muito obrigada a quem nele vai colaborar para o manter vivo.

A presidente diocesana
São Lufinha

Linha de Apoio à Vida


O Centro de Apoio à Vida dispõe de uma linha gratuita a funcionar com encaminhamento para técnicos especializados para ajudar aquelas pessoas que precisam de apoio numa fase menos fácil da sua vida...

Porque um Sorriso vale mais que mil palavras...
...e uma vida também...
...Agarre a Vida...

Bento XVI renova apelos ao diálogo no Médio Oriente

Papa espera ainda a libertação do Bispo raptado no Iraque

Bento XVI deixou este Domingo um apelo ao diálogo “justo e pacífico” no Médio Oriente, pedindo ainda a libertação do Bispo raptado no Iraque a 29 de Fevereiro.

Durante a recitação do Angelus, na Praça de São Pedro, o Papa falou da recente onda de violência na Terra Santa, classificando-a de “espiral de destruição”, fazendo votos de que as partes envolvidas prossigam as negociações de paz.


“Encorajo as autoridades israelita e palestiniana no seu propósito de continuarem a construir, através de negociações, um futuro pacífico e justo para os seus povos e a todos peço, em nome de Deus, que abandonem o caminho tortuoso do ódio e da vingança, percorrendo responsavelmente o caminho do diálogo”, afirmou.


Bento XVI falou depois do Iraque, recordando que ainda nada se sabe do Arcebispo caldeu de Mossul, D. Paulos Faraj Rahho, raptado há mais de uma semana.


O Papa fez votos de paz para o Iraque, “enquanto tememos ainda pela sorte de Sua Excelência Mons. Rahho e tantos iraquianos continuam a sofrer uma violência cega e absurda”.


Na habitual catequese dominical, Bento XVI afirmou que “a morte do corpo é um sono do qual Deus nos pode despertar em qualquer momento, mas a fé não nos tira a dor pela morte dos nossos queridos. Esta senhoria sobre a morte não impediu que Jesus experimentasse compaixão sincera pela dor da separação quando se encontrou diante do sepulcro do seu amigo Lázaro”.


O episódio, relatado no Evangelho, mostra Jesus a chorar, “Jesus verdadeiro homem e verdadeiro Deus, isto é, revela-nos que o coração de Cristo é divino - humano; n’Ele, Deus e homem encontraram-se perfeitamente, sem separação e sem confusão”.


O Papa recordou depois que na próxima Quinta-feira, dia 13, presidirá na Basílica de São Pedro a uma Liturgia penitencial para os jovens da Diocese de Roma. Será um momento forte de preparação para o XXIII Dia Mundial da Juventude que será celebrado no Domingo de Ramos e que culminará em Julho próximo com o grande encontro de Sidney.


Bento XVI cumprimentou ainda os peregrinos de língua portuguesa, desejando “frutuosa caminhada quaresmal que vivifique e robusteça a vossa confiança em Cristo, único Salvador do mundo. Sobre vós e vossas comunidades de origem e destino, a minha Bênção”.

(Com Rádio Vaticano)